Como funciona o cartão de débito?

Autor(a):

Como funciona o cartão de débito? – Cartões de crédito e débito é o que não falta no Brasil: são mais de meio bilhão de cards dos tipos citados circulando em território brasileiro.

A maioria das pessoas prefere ter em mãos o cartão de crédito, que não só possibilita pagar parceladamente (e futuramente) como ainda é o tipo de plástico mais aceito nos estabelecimentos.

No entanto, o cartão de débito (CDD) é mais fácil de se conseguir, pois dispensa a análise de crédito (que muitas vezes é um grande obstáculo para o brasileiro conseguir acesso ao crédito), sendo então, consideravelmente, mais acessível.

Esse tipo de card foi bastante emitido em 2020, também, sobretudo pelos impactos causados pelo COVID-19, que levaram muitos a receberem o auxilio do governo pela Caixa Econômica Federal, sendo que a movimentação do dinheiro pôde ser realizada por várias pessoas através do cartão de débito do Caixa Tem.

Mas, afinal, como funciona o cartão de débito?

É isso o que iremos abordar nesse texto!

Índice

Como funciona o cartão de débito, na prática?

Tal card, basicamente, ao ser utilizado em uma transação, desconta o valor da mesma de uma conta à qual esta esteja atrelada, tal conta pode ser corrente, poupança ou de pagamentos.

Ou seja, assim como ocorre com os cheques, representa uma ordem de pagamento à vista, sendo ainda mais seguro por conta da confirmação ser feita através de uma senha.

Também possui utilidade para desempenhar outros serviços, dentre eles:

  • Sacar dinheiro;
  • Realizar pagamentos;
  • Fazer consultas bancárias;
  • outras operações que podem ser feitas em terminais de autoatendimento.

Vantagens de se utilizar um cartão de débito

Tem-se as seguintes vantagens quando comparado ao uso do card na função crédito:

  • Controle maior sobre os gastos, pois não há uma ilusão de se possuir a quantia do limite do cartão de crédito como, efetivamente, seu dinheiro disponível; o fato de seu saldo limitar-se ao que realmente lhe pertence no momento da compra irá fazer com que gaste de maneira mais comedida;
  • Não-necessidade de análise de crédito, ou seja, é muito mais acessível, permitindo que praticamente qualquer pessoa tenha condições de realizar pagamentos eletrônicos utilizando-se de tais plásticos;
  • Não há taxa de anuidade ou risco de cobranças de juros, uma vez que não existe possibilidade de gerar fatura e consequente chance de atraso do pagamento.

Desvantagens de se usar um cartão de débito

  • Menor aceitação no mercado: ainda que possa ser utilizado em milhões de estabelecimentos, algumas empresas podem não aceitar tal tipo de plástico quando comparado ao de crédito;
  • Impossibilidade de parcelar compras, o que pode incapacitar um usuário de baixa renda na tentativa de se adquirir um produto ou serviço mais caro, como comprar um carro ou imóvel;
  • Não será possível gerar uma fatura para pagar pela compra futuramente, ou seja, terá que pagar pelo produto / serviço com dinheiro à vista.

Perguntas comuns

Cartão de débito tem limite?

Não…como dito anteriormente, está atrelado à conta, portanto, o saldo desse card é o valor que se tem na mesma, não havendo empréstimo / limite disponível nesse caso.

Como funciona o cartão de débito virtual?

Quando se gera um CDD virtual (através do app da Caixa, como exemplo, ao se gerar o cartão de débito virtual da Caixa), tem-se uma espécie de card adicional para uso exclusivo em transações na internet.

Através dos dados informados pelo mesmo poderá se fazer transações online, sendo que os gastos serão listados na mesma fatura do cartão físico, possibilitando compras feitas com mais segurança e de forma organizada.

Conclusão

Para saber se é vantagem ou não se ter um cartão de débito, é necessário conhecer o perfil do utilizador do mesmo e suas pretensões.

Certamente a maioria das pessoas no país buscam soluções para suas vidas financeiras que envolvam a disponibilidade de crédito / empréstimos, o que inviabiliza a utilização de um CDD.

cartões da Caixa Econômica Federal

curta nossa página

Deixe um comentário

error: Content is protected !!